13389278_1022343721183920_2005898489_o
[Pamonha – 2016]
Quando Couber
Alegria, por favor vá embora,
a minha alma chora.
Deixe-a chorar.
Deixe-a se lamentar,
até a fonte de lágrimas secar.
Pois só assim terei espaço pra você.
Mas, não precisa se preocupar,
quando eu esvaziar
mando a Esperança te buscar.
Vou até cantarolar,
pra que nesse dia
você não se perca no caminho.
E ai sim Alegria, por favor retorne em mim.
Poema de Brunna Curupira
Pintura de Riquelme Henrique B. da Silva
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s